quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Tempo


Sou mesmo apaixonada por flores. Não sei de onde vem essa minha paixão, nem quando começou. É triste, pois isso me faz lembrar do meu eterno romantismo, que descobri com o tempo que isso não existe. E ai Thanesa, querendo voltar a ser poeta?

Nenhum comentário: